Como fazer sua Declaração Anual

Bom, antes de começar, a gente queria te avisar que você pode pular todo este processo e fazer a Declaração Anual de Faturamento (DASN) da sua MEI direto do seu telefone usando o SmartMEI, e tudo em apenas uma etapa. Baixe de graça pelo botão abaixo!

 

 

Não quer usar nosso app? Não tem problema, gente te mostra como fazer tudo sozinho! Se você tiver qualquer dúvida, é só falar com a gente pelo nosso e-mail (contato@smartmei.com.br).

(É melhor que você faça todos os processos abaixo de um computador, já que o Portal do Empreendedor não é otimizado para celulares.)

 

1. Como acessar o site da Declaração Anual do MEI

  •  Entre no site clicando aqui. Você deve ver a seguinte tela:
  •  Coloque o número do seu CNPJ, digite as letras e números que aparecem na imagem e clique em “Continuar”. Você será levado para a tela a seguir:

Pronto! Agora vamos ver se você está com as suas Declarações em dia.

 

2. Saiba se você está em dia

Sem sair desta mesma tela, você já é capaz de ver a situação da sua empresa.

 

 

Antes de começar, vale a pena entender o que significa cada um dos 3 tipos de declaração possíveis:

Original: é a primeira declaração de um determinado ano, e é a que você deveria escolher todas as vezes em que for declarar o faturamento de um ano pela primeira vez.

Refiticadora: é uma declaração de ajuste, ou seja, serve para mudar as informações que você colocou sobre algum dos anos já declarados.

Situação Especial: é a última declaração da sua empresa, que deve ser feita quando você der baixa (fechar) a sua MEI.

 

Como saber quais Declarações eu estou devendo?

É bem fácil: basta tentar selecionar o ano na parte de “Declaração Original”. Você só vai conseguir selecionar o próximo ano a ser declarado (não é possível pular os anos nas declarações, você precisa fazer todas em ordem). Por exemplo: você conseguiu marcar 2014? Então você precisa enviar a declaração referente àquele ano e todas as outras depois desta.

 

Quer saber quais já foram enviadas?

O raciocínio é o mesmo: tente marcar os anos na parte de “Declaração Retificadora”; os anos que você conseguir marcar são os anos para os quais já existem declarações.

 

E para que serve a situação especial?

Esta é a última declaração que você precisa fazer ao fechar a sua empresa. Se este for o seu caso, escolha “Situação Especial” e coloque a data de fechamento da sua empresa em “Data do evento”.

Veja a seguir como fazer a sua Declaração Anual de Faturamento (DASN) sozinho.

 

3. Declare seu faturamento

  •  Ainda na mesma tela inicial (abaixo), escolha a Declaração que você deseja fazer e clique em “Continuar”.

  •  Você será levado para a tela a seguir:

 

Preencha as informações pedidas:

  • Valor da Receita Bruta Total: coloque o valor total das suas vendas no ano escolhido.
  • Valor referente às atividades intermunicipais ou interestaduais: coloque o valor das suas vendas para outras cidades ou Estados (este valor deve ser menor ou igual ao valor anterior).
  • Possuiu empregado durante o período: responda “Sim” se você teve um funcionário registrado em nome da empresa no período do ano que está sendo declarado; caso contrário, responda não.

Em seguida, clique em “Continuar”. Você será levado para esta próxima tela:

 

 

Aqui você vai ver a situação dos seus impostos no ano declarado. O que significam as informações nesta tabela?

PA: Período de apuração, ou seja, o mês que gerou o imposto;
INSS: o valor da sua parcela de imposto que foi repassado para o INSS;
ICMS: o valor da sua parcela de imposto mensal que foi repassado para o seu Estado como ICMS;
ISS: o valor da sua parcela de imposto mensal que foi repassado para a Prefeitura da sua cidade como ISS;
Valor apurado: o valor original da sua parcela;
Valor pago: quanto você pagou por aquele mês (inclui juros e multa em caso de pagamento em atraso). Se aparecer um traço (“-“), significa que a parcela ainda está em aberto

  •  Confira se as informações estão corretas. Em seguida, clique em “Transmitir”.

Se a sua Declaração foi feita no prazo (até 31 de maio do ano seguinte ao declarado – ex: Declaração de 2015 entregue até o dia 31 de maio de 2016), você receberá a mensagem acima. Clique em “Imprimir” para baixar o comprovante de envio.

Se você declarou com atraso, você verá a mensagem abaixo. O atraso gera uma multa de R$25 (que vai para R$50 caso você não pague até o vencimento). Clique em “Imprimir” para baixar o comprovante de envio, a explicação do cálculo da multa e a guia de pagamento.

 

 

Pronto! A sua Declaração Anual de Faturamento está feita!

 

Você não quer ter que fazer tudo isso de um computador? Baixe o nosso app e faça a sua Declaração Anual pelo seu telefone!

 

 

Ainda em dúvida? Faltou algum assunto importante?
Entre em contato com a gente pelo nosso e-mail (contato@smartmei.com.br).

 

Quer saber mais sobre sua MEI?