O que é MEI?

O Microempreendedor Individual (MEI) é o tipo mais simples de empresa que existe no Brasil. Virar um MEI é o jeito mais fácil de ter um CNPJ. Já existem mais de 7 milhões de empresas como estas no nosso país, e o número continua a crescer a cada dia – o governo espera que mais de 10 milhões de MEIs se formalizem até 2020.

As principais características de um MEI são:

  •  faturamento de até R$81.000 por ano (média de R$6.750 por mês),
  •  apenas uma pessoa como dono (e esta pessoa não pode ser sócia ou administradora em outras empresas),
  •  não ter empregados ou ter no máximo um empregado (recebendo até 1 salário mínimo por mês),

trabalhar com uma das atividades permitidas pela lei (veja aqui quais são estas atividades).

 

Vale a pena ser MEI?

Vale sim!

A primeira grande vantagem de virar MEI é sair da informalidade.

Ao abrir uma microempresa individual e entrar no mercado formal, o empreendedor deixa de ser visto como alguém que vive de “bicos” e passa uma imagem mais profissional para os seus clientes. Assim como todos os outros tipos de empresa, o MEI também tem um número de CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica).

Com um CNPJ em mãos, você pode emitir Notas Fiscais para seus clientes (podendo vender seus produtos e serviços para grandes empresas), e também passa a ter acesso a descontos para Pessoa Jurídica com seus fornecedores.

A segunda vantagem é que o microempreendedor individual pode ter acesso a quase todos os benefícios da Previdência Social oferecidos a quem trabalha com carteira assinada (como auxílio doença, auxílio maternidade e pensão por morte para a família) pagando muito pouco. O tempo de trabalho do MEI também passa a contar para a sua aposentadoria.

Finalmente, a terceira vantagem é que, com uma MEI, você tem menos custos para manter a empresa aberta (já que não é necessário ter contador) e também passa a pagar menos impostos: ao invés de pagar um percentual sobre o faturamento, só é necessário pagar uma taxa fixa que varia entre R$47,85 e R$52,85 por mês dependendo do tipo de atividade da sua empresa.

Entre custos com contador e impostos, um microempreendedor economiza pelo menos R$5.000 por ano em comparação a outros tipos de empresas. É uma diferença muito grande!

Ou seja, se você precisa de CNPJ, quer ter acesso aos benefícios da Previdência Social, fatura até R$81.000 por ano e não quer pagar muito por isso, virar MEI é a melhor solução!

Quer saber mais sobre sua MEI?